Essa tarefa é de todos nós

18 out 2011

“Missões: uma tarefa de todos nós”. Esse foi o tema, baseado em I Pe 2:9, da 8ª Conferência Missões realizada pela Igreja Batista Central de Brasília (IBCB).  A programação da conferência aconteceu de 14 a 16 de outubro. Os pastores Jorge Linhares da Igreja Getsêmani de Belo Horizonte, e Samir Mustafá Dali da Igreja Evangélica Missionária de Porciúncula, Rio de Janeiro foram os pregadores da conferência. Além deles, o evento também contou com a participação de agências missionárias e entidades como a Associação Missionária (Alem), Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), Núcleo Árabe Cristão (NAC) e Jipeiros de Cristo.

 

O Pr. Jorge Linhares foi o pregador na sexta e destacou que a prioridade na igreja de hoje deve ser o trabalho missionário. “Nós temos que obedecer ao que é prioritário. A bíblia foi toda escrita por missionários que deixaram suas casas e suas famílias para seguir o propósito de Deus. Missões é a missão da igreja. Por isso, temos que aproveitar cada oportunidade que temos para levar a luz de Cristo.” disse.

 

O Pr. Samir Mustafá enriqueceu a conferência com seu testemunho de vida. Filho de um muçulmano e uma brasileira, nasceu e cresceu nos Estados Unidos aprendendo e executando todos os rituais dos muçulmanos. Se converteu após ser curado de um câncer por meio das orações de sua mãe. “A conversão de um verdadeiro muçulmano é algo difícil. Quando me vi naquela situação pensei até em me matar, mas ouvi a voz de Deus e hoje sou uma nova criatura. Hoje o meu Deus é Jesus Cristo e vejo que uma igreja que não faz missões e não fala do amor de Jesus não cresce”, falou.

 

A Conferência de Missões da IBCB é uma iniciativa do Conselho de Missões que também organiza outras ações evangelísticas como viagens missionárias. No encerramento, domingo pela manhã, o Pr. Ricardo Espindola falou das ações da igreja na área missionária como os trabalhos realizados pelas missionárias Ademildes Ferreira e Francisca Lima no Timor Leste e Guiné Bissau respectivamente. “Uma Conferência de Missões tem que ser o maior evento de uma igreja para que as pessoas entendam que não podem esquecer de buscar o Reino e isso significa ir, ensinar, batizar e guardar as coisas do céu”, explicou Pr. Ricardo.

 

Mantendo viva a chama de missões

Durante a Conferência, foi inagurado o Mural de Missões no hall do gabinete pastoral da Igreja Batista Central de Brasília. Segundo o Pr Ricardo Espíndola, o espaço é para que a igreja conheça as obras missionárias que a Central está realizando em outros países de forma detalhada. O mural também tem como objetivo manter viva a chama de missões no coração da igreja, registrando o que já foi feito e apontando para o que ainda é necessário fazer pelas nações.  “Toda vez que você passar por ali, lembre-se dos nossos missionários e interceda por eles”, recomendou o Pr Ricardo.

Redação: Ciliro Junior | cilirojunior@gmail.com | Jornalista