Missões, um chamado urgente de Deus a todos os cristãos

         

 

A  igreja precisa da ação do poder do Espírito Santo sobre os seus membros, para que todos recebam visão de águia e vejam à distância os frutos caindo de maduros nos campos, porque não tem quem faz a colheita, pois os ceifeiros são poucos e a seara é grande. Só que ou colhemos os frutos maduros ou perderemos a safra. Porém,  Jesus convoca cada um de nós, enquanto ainda há tempo, para cumprir uma missão urgente e intransferível de dimensão universal – o “Ide de Deus”.

Missões é uma ordenança de Deus e não uma opção da igreja. É um mandamento e não uma recomendação opcional, porque é uma tarefa que só pode ser cumprida pela igreja.

            Em João 4.35 diz: “... Levantai os olhos e vede os campos já prontos para a colheita”. Torna-se necessário que tenhamos a clara e definitiva visão bíblica de que o homem sem Cristo está perdido para a morte eterna. Desde o ateu ao religioso, do doutor ao analfabeto, tanto o rico quanto ao pobre, todos sem exceção.

            Precisamos ter a visão de que na mesma medida que a igreja evangélica deixa de avançar no cumprimento de sua responsabilidade missionária, as falsas doutrinas crescem de forma assustadora e surpreendente. A IBCB tem se esforçado para fazer a sua parte, priorizando em sua agenda projetos voltados para o campo missionário, à exemplo do Congresso de Missões da IBCB, que estará sendo realizado nos próximos dias 01 e 02 de outubro.

            Missões é prioridade no coração de Deus. O propósito de Deus é que o Evangelho seja pregado no mundo todo a tempo e a hora, por toda a igreja a cada criatura. A visão de Deus é o planeta terra todo e o tempo é agora. É, portanto, tempo de confissão de pecados. É tempo de arrependimento. É tempo de perdão. É tempo de salvação de vidas.

            A obra de Deus precisa ser urgentemente avivada com o derramamento do Espírito sobre a igreja na face da terra. Precisa receber poder do alto para agir, em nome do Senhor Jesus, a fim de pregar as boas-novas da salvação aos quebrantados, curar os quebrantados de coração, proclamar libertação aos cativos e pôr em liberdade os algemados;  apregoar o ano aceitável do SENHOR e consolar os que sofrem e choram à margem do caminho.

            A  igreja tem plena consciência de sua responsabilidade missionária. Assim como Jesus, ela também tem urgência, porque sabe que a oportunidade perdida hoje poderá se tornar portas fechadas amanhã. Sabemos que uma vida salva vale mais do que o mundo inteiro. 

            Precisamos consagrar-nos a essa obra eterna que tanto agrada e sensibiliza o coração de Deus, que não se faz apenas com  boas intenções, mas sobretudo com ações concretas. Fomos chamados do mundo para sermos enviados ao mundo como ministros da reconciliação, embaixadores de Deus e portadores das boas-novas da salvação, como luz do mundo e sal da terra. 


POR Priscila Honda   
|   04/10/2016 10:48   

Igreja Batista Central de Brasília

Para falar com nossa equipe preencha o formulário abaixo.